Você está aqui

Tudo que Você Precisa Saber Antes de Viajar para Machu Picchu!

Machu Picchu

A Cidadela Inca de Machu Picchu é, sem dúvidas, o destino mais visitado de todo o Peru. Não é para menos: estas ruínas guardam parte da história desta incrível civilização, guardam cultura, mistério, técnicas desconhecidas... sem falar, claro, de toda beleza natural da região. Machu Picchu é mistura belezas naturais com a história construída pelo homem e isto é simplesmente fascinante. É impossível visitar a cidade Inca e não sentir a sua grandiosa energia. Enfim, mesmo sendo um passeio tão desejado e procurado por turistas do mundo todo, muita gente ainda tem dúvidas sobre como chegar até Machu Picchu, quando ir, o que vai encontrar, como funcionam os ingressos e muitos mais. Por isso, com o objetivo de facilitar a sua viagem e seu planejamento, escrevemos esta matéria com as dúvidas mais comuns, respondidas de forma breve e objetiva, para que você anote tudinho e entenda toda a logística do passeio. Vamos lá? Continue lendo!

Qual a melhor época para ir para Machu Picchu?

A cidadela de Machu Picchu está aberta todos os dias do ano, portanto você pode visita-la quand o tiver disponibilidade. Mas, a época mais recomendada para viajar para o Peru é entre os meses de abril a outubro, quando é o período de seca, ou seja, as chances de chuva são bem menores.

Quais as vantagens de viajar para Machu Picchu na baixa temporada?

A baixa temporada é o período de chuvas, que vai de novembro a meados de abril. É importante dizer que raramente as chuvas afetam os passeios e elas costumam acontecer todos os dias, mas em pouca quantidade. Viajar na baixa temporada para Machu Picchu é perfeito para quem quer visitar a cidadela com menos turistas e com mais calma. Além disso, a viagem neste período tende a ser mais barata.

Como comprar ingressos para Machu Picchu?

A primeira dica é não deixar nada para a última hora e programar tudo com antecedência. Nós recomendamos a contratação de uma agência especializada, como a Viagens Machu Picchu, para fazer o passeio, por vários motivos: a empresa ficará responsável pela compra dos ingressos, passagens, reserva de hotéis e por organizar toda a logística do passeio, que nem sempre é muito fácil. Além disso, não é possível visitar Machu Picchu por conta própria, então você terá que contratar um guia, e nos pacotes oferecidos pelas agências este guiado já está incluso. Você também viajará com mais segurança e tranquilidade, podendo aproveitar ao máximo o passeio.

Como funciona o ingresso para Machu Picchu?

É importante comprar o ingresso com antecedência pois o governo peruano estipulou um número máximo de visitantes por dia, que é de aproximadamente 2500 pessoas. Você precisa estar atento as regras de visitação em Machu Picchu, que dividida por horários e tem tempo de permanência limitado também. A entrada para Machu Picchu acontece em 9 turnos, a partir das 6h da manhã até as 14h da tarde. Resumindo, existem 4 tipos de bilhetes, de acordo com as atrações que você deseja visitar: Machu Picchu, Machu Picchu + Huayna Picchu, Machu Picchu + Montanha Machu Picchu e Machu Picchu + Museu. O tempo de permanência varia para cada tipo de ingresso. Você pode ver as informações completas no site oficial de Machu Picchu.

Qual o tempo de permanência em Machu Picchu?

Os visitantes podem ficar até 4 horas dentro das ruínas, com exceção para os ingressos que incluem Montanha Huayna Picchu ou Montanha Machu Picchu, pois estes têm até 6 horas de permanência no parque.

Como é a logística do passeio para Machu Picchu?

De forma bem resumida, existem duas formas para chegar em Machu Picchu: a pé ou de trem. Se você opta por ir de trem, poderá embarcar na estação em Cusco ou no Vale Sagrado dos Incas e desembarcar no povoado de Aguas Calientes, de onde é necessário comprar a passagem do ônibus que leva até a entrada de Machu Picchu (ou ir a pé de Aguas Calientes para Machu Picchu). Para voltar, é realizado o mesmo trajeto. Já para os mais aventureiros, existe a possibilidade de fazer trilhas para Machu Picchu. Neste caso existem alguns caminhos para serem trilhados, sendo que o mais famoso é a Trilha Inca. Nela o viajante passa 4 dias caminhando e dormindo em acampamentos no meio dos Andes até chegar, finalmente, na cidadela. Depois da visitação, vai até Aguas Calientes de ônibus e de lá embarca no trem de retorno para Cusco. Outra opção de trilha é a Trilha Salkantay, que dura 5 dias de caminhada, sendo 3 noites pernoitando em acampamentos e 1 noite em Aguas Calientes, de onde se pega o ônibus para Machu Picchu. O retorno para Cusco também é feito de trem.

Informações sobre o trem para Machu Picchu:

Existem duas empresas que prestam serviços ferroviários no Peru: a Peru Rail e a Inca Rail. Cada uma delas possui suas próprias políticas e regras, bem como os serviços oferecidos durante o trajeto também diferem. É possível escolher por categorias diferentes dos vagões também, dos simples até os mais luxuosos, com janelas panorâmicas, gastronomia requintada e muito mais, por isso preste atenção na hora de comprar sua passagem e peça ajuda para o seu consultor de viagem em caso de dúvidas. Outras informações: não é possível escolher o assento do trem, isto é feito de maneira automática, pelo próprio sistema das empresas ferroviárias. Existe um limite de bagagem por passageiro, que é de 5kg, ou seja, provavelmente você terá que levar uma mochila menor na sua visita a Machu Picchu, levando só o que for essencial e deixando a bagagem maior no hotel em Cusco.

Aqui no blog nós já fizemos uma matéria bem completa com tudo que você precisa saber sobre os trens para Machu Picchu. Confira!

Informações sobre as trilhas para Machu Picchu:

As opções de caminhos para Machu Picchu são:

Trilha Inca: é a mais famosa, percorrendo os mesmos caminhos por onde passavam os Incas. Com 48 km no total, tem duração de 4 dias e 3 noites. Para saber o roteiro completo da trilha Inca, acesse aqui

Trilha Inca Essencial: para quem quer chegar a Machu Picchu por trilha mas tem menos dias de viagem ou quer uma opção mais tranquila, existe a possibilidade de fazer apenas uma parte da trilha Inca.

• Trilha Salkantay: com duração de 5 dias e 4 noites. O caminho é igualmente lindo, passando por nevados, lagoas e tendo a oportunidade de ver de perto animais típicos dos andes, como as lhamas e alpacas.

Trilha Lares: esta provavelmente é opção menos conhecida dos turistas. Tem duração de 4 dias e 3 noites, sendo 2 em acampamentos e 1 no hotel em Aguas Calientes. Durante o caminho você estará em contato com a natureza exuberante dos andes peruanos e verá de perto a cultura do povo andino.

Como é o clima em Machu Picchu?

Você precisa saber que Machu Picchu está localizado em meio a serra e a mais de 2.400 metros de altitude, ou seja, o clima nestas condições pode sofrer grandes mudanças em um pequeno espaço de tempo. Por isso não desanime caso chegue no lugar e as ruínas estejam encobertas, isso pode mudar a qualquer momento.

Quais documentos são necessários para entrar em Machu Picchu?

Único documento exigido para brasileiros é o RG, Documento de Identidade, em bom estado e com menos de 10 anos. Mas, caso você tenha passaporte, é recomendável que leve também, principalmente para conseguir o famoso carimbo de Machu Picchu, que nós explicamos aqui no blog como conseguir.

Como evitar o mal da altitude em Machu Picchu?

Recomendamos que você fique o primeiro dia em Cusco, para o corpo ir aclimatando, se alimente com comidas leves, beba muita água, e descanse bastante. Deixe o passeio em Machu Picchu para os últimos dias, quando o corpo já estará mais acostumado. Tome chá de coca ou mastigue as folhas da planta. Nas farmácias também existe um remédio próprio para isso, chamado Soroche Pills, que você poderá comprar caso os sintomas se agravem. Gostou das dicas? Esperamos que sim! Caso ainda tenha dúvidas, sugerimos que navegue pelo nosso site, na parte de dicas e continue lendo nosso blog, pois lançamos conteúdos novos quase todos os dias e já fizemos inúmeras matérias sobre o assunto. Você também pode entrar em contato com nosso time de especialistas, que estão à sua disposição, seja para esclarecer questões ou montar um roteiro personalizado de viagem para o Peru.

Acompanhe também todos os outros canais da Viagens Machu Picchu e veja as avaliações e depoimentos de quem já viajou com a gente: