Você está aqui

Perguntas Frequentes Sobre Viagem Para o Peru: Tire Todas as Suas Dúvidas!

Machu Picchu

Nós, da Viagens Machu Picchu, por sermos uma agência especializa em destinos no Peru e em atender o público brasileiros, recebemos todos os dias algumas dúvidas frequentes sobre a viagem. Por isso, com o intuito de tirar as suas dúvidas e as de outros viajantes, reunimos aqui aquelas perguntas que respondemos com mais frequência. Temos certeza que este post irá te ajudar antes, durante e até depois da viagem para o Peru, por isso, continue lendo para saber mais e virar um especialista no assunto também. Não esqueça de pegar caneta e papel para anotar tudinho. Vamos lá?

PERGUNTAS FREQUENTES – VIAGEM PARA O PERU

Qual a melhor época para viajar para o Peru?

Vamos começar por esta, que é uma das maiores preocupações dos viajantes que escolheram o Peru como destino da próxima aventura. Então, de forma resumida: existem duas principais estações climáticas no país, a época das chuvas e a época das secas. A época seca vai de abril a outubro, e esta é a alta temporada de viagem no país, sendo que junho e julho são os meses mais cheios de turistas. Já a baixa temporada, de novembro a abril, é o período em que as chuvas são mais frequentes, o que não quer dizer que chove o dia todo e sim, que chove um pouco quase todos os dias, e isso dificilmente atrapalha os passeios.

Preciso de passaporte para viajar para o Peru?

Brasileiros não precisam de passaporte para ingressar no país milenar dos Incas, o que torna a viagem ainda mais fácil. O único documento exigido para os brasileiros é o Documento de Identidade, o RG, que precisa estar em boas condições e ter data de validade menor que 10 anos. Mas claro, se tiver o passaporte, recomendamos que o leve também, assim poderá inclusive receber aquele famoso carimbo de Machu Picchu que se torna uma lembrança especial da viagem.

Quais vacinas preciso tomar para viajar para o Peru?

Atualmente nenhuma vacina é exigida para ingressar no país, mesmo assim, recomendamos que os passageiros levem a carteira de vacinação e a mantenham atualizada. Como forma de precaução, o ideal é tomar a vacina contra febre amarela, mesmo que ela não seja obrigatória.

O que é o mal da altitude?

O Mal da Altitude, também conhecido como Soroche, acontece quando estamos a mais aproximadamente 3 mil metros acima do nível do mar e não estamos acostumados a tais condições, pois nessa altitude o ar começa a ficar rarefeito. Algumas pessoas podem sentir falta de ar, cansaço, dor de cabeça e náuseas e outras podem não sentir nada, depende muito de cada organismo. Mesmo assim, recomenda-se aclimar o corpo quando viajar para o Peru, evitar comer comidas pesadas nos primeiros dias, fazer atividades mais leves e, se necessário, mascar folha de coca ou tomar o chá da mesma. Nas farmácias também se vendem Soroche Pills, um remédio específico para aliviar os sintomas do mal da altitude.

É possível visitar Machu Picchu por conta própria?

A visitação em Machu Picchu é permitida apenas com a presença de um guia turístico profissional e especializado, portanto não é permitido fazer o tour na cidadela por conta própria. Por isso, e por outros motivos como a logística e comodidade, recomendamos a contratação dos serviços de uma agência de viagem para realizar o passeio.

Qual o fuso horário do Peru?

Muitos viajantes não se atentam este pequeno detalhe: o fuso o horário. Sim, o fuso do Peru e do Brasil são diferentes, com duas horas de diferença. Ou seja, quando no Brasil forem 10h da manhã, no Peru ainda será 8h, por isso atenção nas chagadas e saídas dos voos, principalmente.

Como é o clima no Peru?

 O clima no país varia muito da região a ser visitada. Mas, na parte dos andes, próximo a Cusco e Machu Picchu, que são os lugares mais visitados, o clima é o seguinte: de abril até agosto são os meses com mais frio, principalmente à noite, quando a temperatura cai, a temperatura costuma ser de 18ºC a 0º graus neste período.

A partir de setembro o clima começa a dar uma esquentada, então a temperatura fica mais quente agradável, sempre com alguma queda durante a noite. A dica é que independente da data escolhida para viajar para o Peru, o passageiro tenha na mochila uma mistura roupas leves e roupas de frio, assim não tem erro.

Tem como chegar em Machu Picchu a pé, através de trilhas?

Tem, sim! O percurso mais comum é a Trilha Inca, que dura 4 dias de caminhada e 3 noites em acampamentos até chegar na cidadela de Machu Picchu. Esta é uma experiência única em meio aos andes peruanos, percorrendo o mesmo caminho que esta antiga civilização fazia para chegar até o local. Atenção: é necessário reservar a sua vaga com bastante antecedência, pois o número de vagas na Trilha Inca é limitado por dia e costumam esgotar com rapidez.

Existem outras trilhas alternativas para chegar em Machu Picchu, como a Trilha Salkantay, por exemplo, que dura 5 dias e 4 noites, passando por paisagens igualmente bonitas dos andes do Peru. Entre em contato com a nossa equipe para saber mais.

Qual a moeda do Peru e qual a melhor forma de levar dinheiro para o país?

Esta também é uma dúvida bastante frequente. A moeda peruana é o Nuevo Soles, que tem cotação bem parecida com o real brasileiro. Mas, a nossa dica é utilizar principalmente o dólar na sua viagem, por ser uma moeda mais valorizada e aceita em quase todos os estabelecimentos do país. Claro, também é importante ter uma quantia menor na moeda local, para eventuais compras, principalmente em feiras e lugar mais “informais”. A última dica é: leve o real para o Peru e faça a troca da moeda lá mesmo, em casas de câmbio confiáveis e indicada pela agência de viagem.

Quais as informações que eu preciso saber sobre o voo Brasil – Peru?

Os voos diretos que saem do Brasil para o Peru têm como destino a cidade de Lima e partem de São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre, portanto se você mora em outras regiões, é preciso fazer uma conexão, bem como se seu destino final for cidade peruana, é preciso pegar um voo interno. As principais companhias aéreas que fazem este trecho são a Gol e a Latam.

E aí, gostou das nossas dicas e informações? Esperamos que elas tenham sido úteis e possam te ajudar no seu planejamento de viagem para Machu Picchu e Peru. Caso você ainda tenha uma pergunta que não foi respondida aqui, entre em contato com o nosso time de especialistas que estão a sua disposição.

Para ver todos os nossos roteiros de viagem para o Peru, acesse nosso site. Oferecemos passeios em todas as regiões do país incluindo as principais atrações de cada destino. Além disso, também podemos montar um pacote personalizado, a sua medida.

Para saber mais informações, dicas e curiosidades sobre viagem para Machu Picchu, continue lendo o Blog da Viagens Machu Picchu.